Mafalda e Felipe

Felipe é o amigo que entra em contraste com a Mafalda por não conhecer (ou não se interessar) pelo ambiente em que vive. É sonhador, tímido, preguiçoso e desligado; às vezes, romântico. Odeia a escola e freqüentemente trava intensas batalhas com sua consciência e seu senso nato da responsabilidade. Nessa camiseta Mafalda explica para ele usando a biologia qual é o sentido da vida.

Outubro Rosa



Na década de 1990, nos Estados Unidos, se tornou popular a comemoração do Outubro Rosa. O nome do movimento tem como inspiração a cor do laço rosa, que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama. No Brasil não é diferente, desde 2002 o movimento tem muita força. Além do apoio de instituições médicas que fazem campanhas mais abrangentes neste período, outras ações são realizadas em torno do mote. Podemos observar nos principais pontos das grandes metrópoles a iluminação de monumentos importantes com luz rosa ( aqui em Fortaleza não deixe de observar os arcos do Centro Dragão do Mar e Arte e Cultura) lembrando homens ( sim, homens também podem desenvolver o câncer de mama) e mulheres de fazerem corretamente o acompanhamento médico de prevenção.

Dia das Crianças

A garotada está em contagem regressiva para uma das datas mais esperadas do ano, o Dia das Crianças. Por esse motivo o Varal posta nesse mês apenas camisetas dedicadas aos pequeninos. Eles merecem!

Peter Pan


Criado por J. M. Barrie, a história atravessou décadas como um grande sucesso literário e se tornou num dos clássicos da literatura infanto-juvenil. Peter Pan é um menino mágico que se recusa a crescer, ele vive na Terra do Nunca juntamente com os meninos perdidos e com eles têm uma vida repleta de muitas aventuras.

Johnny Bravo

Johnny Bravo é uma série de desenho animado que conta as aventuras de um jovem que aparenta ter cerca de uns 20 anos, mas com um cérebro de um garoto de 6 anos. Ele é conhecido pelo seu visual um tanto quanto diferente: Óculos escuros (o qual ele não tira nem para dormir) e o grande topete loiro são a sua marca registrada, além de seu porte físico. É sempre atraido por mulheres e garotas bonitas, mas sempre acaba sendo agredido por elas, devido o seu jeito atrapalhado de ser, mas ele nunca desiste de encontrar uma namorada (o que nunca aconteceu na série).

O Pequeno Príncipe Baby

Todas as pessoas grandes foram um dia crianças, mas poucas se lembram disso.

Antoine de Saint-Exupéry

Garfield


Garfield o gato mais querido e resmungão do planeta. Ele é espertalhão, dorminhoco, amante de lasanha, viciado em café, "segundo-fóbico" e muito, muito querido por todos nós. Claro que ele não podia faltar aqui no Varal das Camisetas!



Margarida

Margarida foi criada pelos Estúdios Walt Disney para ser a companheira e namorada do Pato Donald, fez sua primeira aparição nos quadrinhos em 1940, onde foi apresentada como a nova vizinha de Donald, por quem ele logo se interessou. Nos anos 50, com o lançamento de uma série de histórias baseadas em seu diário, Margarida começou a ser a protagonista de algumas histórias, e sua importância foi crescendo no universo Disney. Assim como o Donald, é um pouco esquentada, mas tem muito mais controle do que ele e não estoura à toa. Além disso, é muito mais sofisticada que o namorado, estando sempre envolvida com a alta sociedade de Patópolis. Mas nada disso impede que ela seja a eterna namorada do pato temperamental e simples, por quem demonstra grande carinho e cumplicidade.

Penelope Charmosa


Ser Penépole é esbanjar charme, mesmo não estando em apuros!

Penélope Charmosa é uma personagem de desenho animado da série Hanna Barbera. Essa loirinha é a herdeira de uma mega fortuna pertencente à família Charmosa. Nas histórias, está sempre viajando pelo mundo fazendo o bem e representando sua família. Infelizmente, o seu consultor privado Silvestre Soluço tenta de qualquer jeito acabar com Penélope para que ele possa ficar com todo o dinheiro da família. Mas Penélope não está sozinha nessas aventuras, ela conta com a ajuda da “Quadrilha da Morte”, formado por sete simpáticos gangsters, que com auxílio do seu carro, o “Chugaboom”, salva Penélope de todos os perigos.


Abuse do seu charme. Seja uma Penépole!

O Gato Malhado e Andorinha Sinhá


No meio da vasta e prestigiada obra literária do escritor Jorge Amado, encontra-se esta jóia rara (única história infantil escrita por esse magnífico autor) que só poderia ter surgido em um momento muito especial de sua vida. Trata-se de uma história de amor criado especialmente para presentear seu filho, João Jorge, no seu primeiro aniversário, em 1948. Jorge Amado morava em Paris com a mulher, Zélia Gatai, e o garotinho. Colocado no meio das bagulhadas infantis, o texto se perdeu e só reapareceu em 1976. Foi quando o artista plástico Carybé o leu, e resolveu ilustrá-lo. Diante disso, Jorge Amado cedeu aos pedidos e publicou sua obra secreta, fruto do grande amor por seu primogênito. É a história de um romance impossível, uma paixão avassaladora e fatal entre um gato malhado, tido como um ser mal e egoísta, e uma andorinha alegre e vibrante, que arrasa corações por onde passa. Um amor fadado a terminar mal, mas impossível de ser desprezado. Uma história que o Vento contou para a Manhã, que teve de contar para o Tempo para ganhar uma rosa azul, e toda criança merece conhecer.